Notícias

Vereadores aprovam cerca de 70 documentos durante a 48ª sessão ordinária

Durante a sessão foi informada a data da primeira reunião da Comissão em Defesa do INPE, marcada para 20 de agosto


Vereadores aprovam cerca de 70 documentos durante a 48ª sessão ordinária

Cinco vereadores usaram a tribuna durante o pinga-fogo (Foto: Elizete Ferreira/CMSJC)

Os vereadores aprovaram cerca de 70 documentos, entre requerimentos e atas, durante a 48ª sessão ordinária realizada nesta terça-feira (13), no plenário da Câmara. Cinco vereadores usaram a tribuna e abordaram temas nas áreas de esporte, saúde, segurança pública e educação.

Primeiro a usar a tribuna, o vereador Prof. Calasans Camargo (PRP) parabenizou os atletas joseenses Laís Nunes e Jeferson Santos pela recém conquista de medalhas de bronze, no judô, nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru.

Como presidente da Comissão de Saúde da Câmara, o vereador Dr. Elton (MDB) informou sua participação em uma reunião, na tarde desta terça, de apresentação da nova diretoria do Conselho Municipal de Saúde (Comus), eleita para o biênio 2019-2020.

A vereadora Dulce Rita (PSDB) destacou sua participação em atividades nas áreas de educação, saúde e direito do consumidor. Ela também falou sobre o trabalho da Justiça Eleitoral para o cadastro biométrico em diversos pontos da cidade, inclusive os plantões aos sábados.

Ainda durante o pinga-fogo, o vereador Sérgio Camargo (PSDB) citou as visitas feitas a instituições de ensino de nível superior da cidade, para verificar a possibilidade da instalação de uma faculdade pública do curso de Medicina em São José dos Campos.

O vereador Wagner Balieiro (PT) falou sobre propostas apresentadas nas audiências públicas do Estado, como a instalação de distritos policiais nas regiões do Parque Novo Horizonte (leste) e Putim (sudeste).

Durante a sessão foi informada a data da primeira reunião da Comissão em Defesa do INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais): dia 20 de agosto (terça-feira), às 16h, na Câmara. A Comissão foi criada por unanimidade na sessão do dia 6 de agosto, após questionamentos envolvendo o trabalho de monitoramento do desmatamento da Amazônia feito pelo instituto, que tem sua sede em São José dos Campos. 

Ainda durante a sessão foram lidas e encaminhadas à Prefeitura 170 indicações.  Dois requerimentos, ambos da vereadora Amélia Naomi (PT), foram rejeitados: 2730/19 e 2731/19.