Câmara tem nova ferramenta de pesquisa de projetos, leis e documentos. Acesse Processo Legislativo.

Notícias

Funcionário para ajudar no autoatendimento pode se tornar obrigatório nos bancos

Objetivo da proposta é evitar golpes em idosos e pessoas vulneráveis


Funcionário para ajudar no autoatendimento pode se tornar obrigatório nos bancos

Se aprovado, as agências terão um tempo para se adequar e depois podem ser multadas. (foto: divulgação)

Uma das recomendações de segurança é não pedir ajuda de estranhos no caixa eletrônico. Por isso é importante contar com a presença de funcionários à disposição dos clientes que precisam de auxílio. Para tornar esse serviço obrigatório, o vereador Sérgio Camargo (PSDB) protocolou um projeto de lei (PL 5/2018) que exige das agências bancárias no município a disponibilização de um funcionário identificado durante o horário de expediente para auxiliar idosos e pessoas com deficiência junto aos terminais de autoatendimento.

Em caso de descumprimento, após o prazo de 90 dias para adequação, a agência bancária fica sujeita à advertência e multa no valor de R$ 5.000,00, ou o dobro em caso de reincidência.

Segundo o autor, o objetivo é “facilitar o acesso aos serviços, oferecendo maior comodidade e, principalmente, segurança. Infelizmente, por força de vulnerabilidades próprias à sua condição, esses cidadãos, ao se utilizarem dos caixas eletrônicos para saques, pagamentos de contas, transferências e extratos são vítimas frequentes de golpes, o que pode ser evitado”.

O projeto foi protocolado este ano e ainda será lido na sessão para iniciar o processo de tramitação na Câmara.


Palavra(s)-chave(s): banco, agência bancária, idosos