Notícias

Professor Mário Oliveira Lima é homenageado com título de cidadão joseense

O fisioterapeuta e doutor em engenharia biomédica teve o trabalho em reabilitação reconhecido na Câmara


Professor Mário Oliveira Lima é homenageado com título de cidadão joseense

Momento da entrega do título de cidadão joseense ao professor e pesquisador da Univap Mário Oliveira Lima. (Foto: Lucas Cabral/CMSJC)

Por iniciativa do vereador José Dimas (PSDB), a Câmara realizou sessão solene nesta sexta (17) para homenagear o professor Mário Oliveira Lima com o título de cidadão joseense em reconhecimento pelos serviços prestados à comunidade.

Fisioterapeuta e doutor em engenharia biomédica, ele é docente na Univap e implantou um serviço fisioterápico de reabilitação de pacientes carentes mastectomizadas por câncer de mama.

Goiano de Rio Verde, chegou a São José dos Campos em 2002, aos 24 anos, iniciou o mestrado e começou a lecionar. Atualmente é coordenador do curso de fisioterapia e membro do conselho universitário, além de responsável pelo Laboratório de Engenharia de Reabilitação Sensório Motora, onde realiza pesquisas sobre câncer de mama, desenvolvimento de equipamentos para reabilitação sensório motora, dor, espasticidade, laser, plasticidade cerebral e músculo esquelética, robótica e terapia virtual.

E ainda implementou o projeto de extensão universitária esporte lazer adaptativo, desenvolvendo uma bicicleta de mão voltada a paraciclistas. As pesquisas com alunos e o trabalho com a comunidade resultaram em mais de 50 artigos científicos publicados e 13 dissertações de mestrado.

O autor da proposta, vereador José Dimas, disse que, como presidente da Comissão de Educação da Câmara, sente orgulho por ter proposto essa homenagem. “A educação é uma missão fundamental e é preciso valorizar os professores. O doutor Mário chamou minha atenção pela liderança e a capacidade de inspirar pessoas.”

O público assistiu um vídeo sobre a trajetória do homenageado com depoimentos de alunos, colegas, familiares e pacientes.

O pesquisador e ex-orientador Rodrigo Álvaro Martins ressaltou o talento, a competência e a busca contínua pelo aperfeiçoamento por meio de novas técnicas.

O cunhado Bruno Pupio Silva destacou a “vasta atuação na sociedade” e a amizade com todos que mantém relacionamento, seja aluno, paciente ou família.

Rodrigo Canelas, presidente da Subseção da OAB-SJC, lembrou a excelência e humanização do atendimento realizado pelo profissional.

A professora Emília Ângela Lo Shiavo Arisawa, diretora da Faculdade de Ciências da Saúde destacou o trabalho em equipe. “Ele sempre indica um caminho, seja qual for a situação, seja um problema administrativo ou uma questão acadêmica, de pesquisa, e possui outra qualidade, que é a personalidade agregadora, capaz de unir a equipe e fortalecer as amizades”.

O professor Eduardo Jorge de Brito Bastos, presidente da Fundação Valeparaibana de Ensino e pró-reitor de graduação da UNIVAP lembrou a época em que trabalharam juntos no departamento de fisioterapia. “Sou muito grato pela convivência e aprendizado”.

Após a entrega do título, o professor agradeceu a todos pelo carinho e apoio. “Sinto-me lisonjeado pelas palavras dos amigos. Aqui tive a oportunidade de expandir meus conhecimentos, minha experiência profissional e constituí família. Com humildade, reconheço que essa honraria é fruto da conjugação dos esforços de diversas pessoas e que ainda há muito a fazer pelas pessoas com dificuldades de locomoção”.


Palavra(s)-chave(s): cidadão joseense, professor, Univap