Câmara tem nova ferramenta de pesquisa de projetos, leis e documentos. Acesse Processo Legislativo.

Notícias

Câmara indica vereadores para Conselhos de Segurança e de Igualdade Racial

Escolhas dos parlamentares para a composição foram aprovadas na sessão desta terça-feira (28)


Câmara indica vereadores para Conselhos de Segurança e de Igualdade Racial

As indicações para os conselhos foram aprovadas na sessão desta terça-feira (Foto: Flávio Pereira/CMSJC)

Seis vereadores foram indicados para representar a Câmara em mais dois conselhos municipais. Para o Conselho de Segurança foram indicados como titulares os vereadores Prof. Calasans Camargo (PRP) e Marcão da Academia (PTB); e como suplentes José Dimas (PSDB) e Esdras Andrade (SD). Para o Conselho de Igualdade Racial ficaram os vereadores Lino Bispo (PR) como titular e Wagner Balieiro (PT) como suplente. As escolhas foram aprovadas na sessão desta terça-feira (28).

O Conselho Municipal de Segurança (CMS) é formado por 22 entidades do município e tem como objetivo propor medidas de segurança pública em favor da população. Entre as entidades que compõem o Conselho, estão a Ordem dos Advogados do Brasil, a Polícia Militar, secretarias da prefeitura e os conselhos comunitários (Consegs) de todas as regiões da cidade. O grupo se reúne uma vez ao mês.

Entre as atribuições do CMS estão o desenvolvimento de estudos, debates e pesquisas relativas à segurança pública; realização de campanhas que favoreçam a participação da sociedade em projetos que visem a melhoria da segurança do município; recebimento de sugestões manifestadas pela comunidade e promoção de entendimentos com organizações e instituições.

O Conselho de Promoção da Igualdade Racial (Compir) é formado por 18 entidades, entre secretarias da prefeitura, Câmara Municipal e segmentos da sociedade, representado pelos movimentos sociais dos negros, das mulheres, da capoeira, dos indígenas, entre outros.

O Compir é um órgão consultivo que se reúne periodicamente e tem como principais atribuições propor ações para o enfrentamento ao racismo, ao preconceito e à discriminação racial. Outra função é reduzir as desigualdades raciais nas áreas educacional, econômica, financeira, social, política e cultural. O conselho também exerce o controle social sobre as políticas de promoção da igualdade racial desenvolvidas pelo município.