Câmara tem nova ferramenta de pesquisa de projetos, leis e documentos. Acesse Processo Legislativo.

Notícias

Shakespeare recebe representantes do setor de carros personalizados

Cerca de 150 aficionados buscam o apoio do presidente da Câmara para viabilizar a legalização e fiscalização dos veículos


Um grupo de cerca de 150 proprietários e empresários do setor de carros personalizados de São José dos Campos e outras cidades da região e do Estado reuniu-se na noite de segunda-feira (dia 20) com o presidente da Câmara Municipal, vereador Shakespeare Carvalho (PRB).

Liderados pelo joseense Robson Neves, o Robinho, os aficionados dos carros modificados – também conhecidos como tunados – reivindicaram da Câmara medidas de proteção às atividades do setor.

"Viemos pedir o apoio do presidente Shakespeare para a legalização dos carros personalizados em São José dos Campos", explicou Robinho. Ele explicou que ainda existe preconceito em relação aos praticantes dessa atividade. "O nosso grupo desenvolve várias ações sociais e merece o respeito da comunidade."

Com a presença de representantes locais e também de Jacareí, Caçapava, Taubaté, São Bernardo do Campo, Suzano e Ribeirão Pires, o grupo foi à Câmara pedir a intervenção do presidente Shakespeare para mudar a legislação municipal que trata dos carros personalizados.

Segundo Robinho, a comunidade ligada ao setor envolve cerca de 20 mil pessoas em São José. Daí, a necessidade de ser criada uma associação. "Essa associação deve ter força para reivindicar alterações nas leis", explicou.

Entre as mudanças necessárias estariam duas de âmbito estadual. A primeira é que carros personalizados sejam aceitos pelas companhias de seguros. Outra mudança envolve mudar a lei que permite apenas duas alterações por vez para aprovação pelo Detran – Departamento Estadual de Trânsito, o que torna muito morosa a atualização da documentação desses veículos.

Com a PM
Uma reivindicação que pode ser resolvida no município é a mudança de postura da Polícia Militar na fiscalização de trânsito desse tipo de veículo. O grupo reclama do rigor da fiscalização quando esses veículos se deslocam até os locais de eventos.

O vereador Shakespeare se comprometeu a agendar para o mês de novembro uma nova reunião na Câmara, desta vez com representantes da PM, para tentar liberar a circulação dos veículos, evitando multas e apreensão de documentos. "As atitudes que couberem a nós serão tomadas para regularizar a atividade, mantendo-a na legalidade", garantiu.

Os líderes do setor em São José calculam que existam atualmente no município 3.800 veículos classificados como "personalizados", sendo que apenas cerca de 10% estão regularizados, pois o caminho até a regularização é burocrático e caro. São considerados personalizados os veículos rebaixados, carros de arrancadas e carros de som, entre outros.

A intenção do grupo é realizar um evento na Câmara Municipal.